PLANEJAMENTO DE APOSENTADORIA PARA AUTÔNOMOS

PLANEJAMENTO DE APOSENTADORIA PARA AUTÔNOMOS

O país passa por um momento econômico muito difícil. Por isso, o planejamento da aposentadoria é tão importante.

Um consequência disso é que nos últimos 12 meses foram quase 1 milhão de vagas perdidas, o que fez com que os brasileiros procurassem alternativas para não terem a renda drasticamente afetada.

Uma das saídas tem sido tornar-se trabalhador autônomo, sem vínculo empregatício e com o comando das horas de trabalho em suas mãos.

Assim como o trabalhador com carteira assinada, o autônomo precisa se programar para ter uma aposentadoria tranquila quando deixar de trabalhar.

Para isso, o primeiro passo para garantir uma cobertura mínima por parte do Governo é fazer o recolhimento do INSS.

Mas como a aposentadoria do INSS não é suficiente para garantir o padrão de vida da maioria das pessoas, é necessário investir uma parte dos ganhos mensais visando tranquilidade no futuro.

As opções de previdência privada e investimentos em Tesouro Direto, por exemplo, trazem segurança, rentabilidade e podem se tornar uma alternativa de renda extra.

QUAIS AS DIFICULDADES MAIS COMUNS APONTADAS PELOS AUTÔNOMOS QUANDO PENSAM EM PLANEJAR A APOSENTADORIA?

1) RENDA MENSAL VARIÁVEL – Os autônomos muitas vezes possuem uma renda que varia mês a mês, o que dificulta o planejamento.

Nesse caso, é importante definir quais são os custos fixos mensais da família e estipular uma quantia para investir.

Se em algum mês a renda não for suficiente para fazer o investimento que você estipulou, é possível compensar investindo mais nos meses em que conseguiu acumular mais com seu trabalho.

2) IDENTIFICAR O VALOR NECESSÁRIO – Saber qual o valor ele vai precisar acumular para poder se aposentar com tranquilidade.

Com relação a isso, sugerimos primeiramente que identifique todos os gastos mensais.

É importante calcular para a aposentadoria um valor um pouco mais alto do que seu custo de vida atual.

Por exemplo, se hoje o custo de vida da pessoa está em R$5mil, o ideal é calcular uma aposentadoria em torno de R$6 e R$7mil/mês.

Assim será possível ter uma folga para as despesas extras que possam surgir.

Após identificar os gastos e ajustar o orçamento, é necessário avaliar as melhores opções de investimento a longo prazo.

É preciso entender que não existe milagre.  Se o objetivo é ter a mesma renda que hoje, é necessário guardar e investir.

COMO O AUTÔNOMO PODE CONTRIBUIR PARA O INSS?

Para contribuir com o INSS o autônomo que presta serviços ou realiza outras atividades pode se cadastrar como Contribuinte Individual no site do INSS.

Depois de escolher o tipo de contribuição, basta preencher a Guia da Previdência Social e pagar mensalmente.

Deseja realizar seu cadastro como contribuinte individual? Então clica AQUI.

Já o profissional que presta serviço ou vende para pessoas jurídicas tem o seu INSS recolhido pelo próprio cliente.

Isso quer dizer que o valor da contribuição para o INSS deve ser descontado do pagamento do autônomo pela empresa, que, por sua vez, faz o pagamento do INSS para ele.

Outra forma de contribuir é se formalizando como MEI (Microempreendedor Individual).

A guia mensal paga pelo microempreendedor individual também dá direito à aposentadoria e aos benefícios do INSS.

O valor fica em torno de R$50,90 para Comércio e Indústria – ICMS; R$54,90 para Serviços – ISS e R$55,90 para Comércio e Serviços – ICMS e ISS.

O boleto pode ser impresso direto no Portal do Empreendedor, mesmo site onde você se cadastra para tornar-se MEI.

MAS POR QUE PLANEJAR?

Imagem ilustrativa com passaporte e cartão demonstrando as possibilidade de uma aposentadoria bem planejada

O planejamento previdenciário bem realizado pode elevar em 50% o valor da futura aposentadoria.

Para isso, é necessário que profissionais liberais e empresário contribuam de forma adequada.

O objetivo será sempre alcançar o melhor benefício possível.

Portanto, o planejamento de aposentadoria irá orientar desde o recolhimento adequado da contribuição previdenciária até o melhor momento para se aposentar e com o melhor valor possível, para que as pessoas consigam manter o padrão de vida atual após a aposentadoria.

AUXÍLIO DE PROFISSIONAIS PARA O PLANEJAMENTO

Um profissional liberal possui grande conhecimento na atividade que exerce, mas pode apresentar dificuldades na hora de administrar sua atividade, fazer o fluxo de caixa e o controle financeiro, bem como planejar a futura aposentadoria.

Planejar é a melhor estratégia para a carreira e vida pessoal de profissional autônomo. Caso você esteja com dificuldades em fazer planos em sua carreira, procure por profissionais qualificados que podem ajudá-lo nessa tarefa!

Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima.

Banner com link para conversar diretamente com um advogado especialista

Deixe uma resposta

Fechar Menu